Furacão Norbert mata pelo menos quatro no México

MÉXICO - O furacão Norbert, que no sábado chegou aos estados de Baixa Califórnia Sul e de Sonora, no noroeste do México, matou quatro pessoas e deixou outra desaparecida, além de como danos materiais e milhares de refugiados, confirmaram hoje fontes oficiais.

EFE |

Em comunicado o Governo de Sonora indicou que Norbert, que no sábado bateu esse estado mexicano com categoria 1 na escala Saffir-Simpson, "causou severos danos" à população de Álamos, que foi visitada ontem à noite por seu governador, Eduardo Bours.

Neste povoado - um dos principais pontos turísticos de Sonora -, em duas horas, o furacão derrubou muros e causou o transbordamento de riachos, que arrastaram carros, destruiram pontes e inundaram casas.

"É muito séria e preocupante a situação de Álamos", assumiu Bours, para quem será necessário agora "reconstruir" o povoado.

O governador local afirmou que começará a viabilizar recursos e apoio para os desabrigados, assim como equipamento para retirar o lodo das casas e das ruas.

Por sua parte, a prefeita de Álamos, Ruth Acuña, disse que "apesar de que tomarmos todas as medidas preventivas", as autoridades "nunca imaginaram sua magnitude (do furacão)".

Segundo Acuña, há 140 anos não havia uma situação desta natureza na região, causando centenas de desabrigados.

Fontes da Defesa Civil disseram à agência Efe que pelo menos 5 mil desabrigados permanecem nos albergues habilitados do estado, que têm uma capacidade para receber 10 mil pessoas.

Três das vítimas foram identificadas como Ramón Quintana Taipa, María Luis Lara Quintana e José Juan Medina Matuz, arrastados pelas águas do arroio "Alfândega".

Por sua parte, Norbert também causou danos na Baixa Califórnia Sul, aonde chegou com categoria 2 nas primeiras horas do sábado, antes de seguir rumo a Sonora.


Ciudad de Constituicion, na Baixa Califórnia Sul, durante passagem do Norbert / AP

Segundo a imprensa local, dezenas de casas ficaram danificadas parcial ou totalmente no estado e afetou o serviço de luz e de água em alguns povoados, entre eles La Paz, a capital do estado.

Além disso, cerca de 3 mil pessoas precisaram ser transferidas a abrigos por causa dosa danos que a chuva e o forte vento causaram nas localidades de Comondú, Loreto e Mulegé.

Leia mais sobre Norbert

    Leia tudo sobre: furacãonorbert

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG