Furacão Karl destrói casas e leva México a emitir alerta vermelho

Autoridades pedem que população evite sair às ruas; plataformas de petróleo e planta nuclear são fechadas na região do golfo

iG São Paulo |

Depois de ganhar força nas águas quentes do sul do Golfo do México, com ventos de 195 km/h, o furacão Karl atingiu a categoria 3 e destruiu casas de ao menos 3 mil famílias na região central do México, segundo a rede de TV CNN.

Os ventos derrubaram árvores, placas e levou ao fechamento de estradas e a operações para que algumas áreas fossem esvaziadas. O Sistema Nacional para Proteção Civil do México emitiu um alerta vermelho, o mais alto grau, para as regiões central e sul do Estado mexicano de Veracruz. Um alerta laranja foi dado para a parte norte de Veracruz e também para os Estados de Hidalgo, Tlaxcala e Puebla. Os Estados de Tamaulipas, san Luis Potosi e Oaxaca estão sob alerta amarelo.

Reuters
Furacão Karl ganhou mais força ao se deslocar pelas águas quentes do sul do Golfo do México
Segundo o jornal El Universal, o chefe do governo do Distrito Federal, Marcelo Ebrard, alertou que a previsão para sábado e domingo é de que haja ventos e chuvas fortes na Cidade do México, por conta do furacão. Ele pediu que os moradores da capital permaneçam em suas casas, e saiam apenas quando for indispensável.

O governo local instalou cerca de 90 acampamentos nos pontos de maior vulnerabilidade da cidade, como parte da operação Tormenta. Durante as operações de prevenção, acrescentou Casubon, poucas famílias que estão em zonas de risco evidente serão transportadas para outros pontos.

O secretário de Proteção Civil, Elias Moreno, recomendou às famílias terem “um kit de proteção civil”, que inclua os documentos mais importantes da casa e dos moradores, guardados em um saco plástico, além de medicamentos, rádio e uma lanterna.

Donos da empresa Petroleos Mexicanos fecharam 14 centros de exploração e retiraram trabalhadores das plataformas de petróleo. O furacão forçou ainda o fechamento da planta nuclear em Laguna Verde, também no Golfo do México, a única do país.

*Com EFE e AP

    Leia tudo sobre: furacãokarltempestade tropicalatlântico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG