Furacão "Jova" perde força antes de chegar à costa do México

Olho do furacão deverá tocar a terra nesta quarta-feira. Ciclone deverá chegar no país com ventos máximos de 160 km/h

EFE |

O furacão "Jova" perdeu força nesta terça-feira e foi rebaixado a categoria 2 na escala Saffir-Simpson (com máximo de 5), enquanto continua seu avanço em direção à costa do Pacífico central mexicano, onde tocará a terra na madrugada desta quarta, informou o Sistema Meteorológico Nacional do México (SMN).

Às 22h locais (0h desta terça-feira no horário de Brasília), o fenômeno se encontrava 45 quilômetros ao sudoeste de Punta Farrallón, no estado de Jalisco, e 165 quilômetros ao sudeste de Cabo Corrientes, também em Jalisco, com ventos máximos de 160 km/h e sequências de 195 km/h.

"Jova", que tem índice de periculosidade "forte", se desloca em direção nordeste a 13 km/h, de acordo com o último boletim do SMN. "Se continuar sua atual direção e velocidade de deslocamento, espera-se que o centro do furacão 'Jova' toque a terra entre 1h e 2h desta quarta-feira (entre 3h e 4h de Brasília)", indicou o SMN.

As autoridades esperam que o furacão entrará no território mexicano com categoria 2 na escala Saffir-Simpson e já não preveem que se intensifique mais. Jalisco e Colima se mantêm em alerta laranja perante a proximidade do fenômeno, e as autoridades dessas regiões já instalaram abrigos temporários para receber a população afetada.

Jalisco, com 7,1 milhões de habitantes, inaugura na próxima sexta-feira em Guadalajara, sua capital, os Jogos Pan-Americanos. Também estão em alerta amarelo os estados de Michoacán e Nayari.

As autoridades mexicanas estabeleceram uma zona de alerta que vai de El Roblito, no estado de Sinaloa, a Punta San Telmo, no estado de Michoacán, por "chuvas intensas em Michoacán, Colima, Jalisco, Guerrero e Nayari".

A dependência recomendou à navegação marítima nas imediações do fenômeno "tomar precauções devido aos efeitos intensos das chuvas, ondas e vento", e pediu à população dos cinco estados com eventuais afetações que atenda às indicações das autoridades perante a presença do furacão.

"Jova" é o nono furacão da atual temporada de ciclones no Pacífico, após "Adrián", que alcançou a categoria 4, "Beatriz" (1), "Calvin" (1), "Dora" (4), "Eugene" (4), "Greg" (1), "Hilary" (4) e "Irwin" (1).

* Com a EFE

    Leia tudo sobre: JOVA PACÍFICO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG