Furacão Jimena perde força sobre o oeste do México

Por Henry Romero CIUDAD CONSTITUCIÓN, México (Reuters) - O furacão Jimena destruiu prédios frágeis e curvou árvores no noroeste do México na quarta-feira, mas perdeu força e foi rebaixado à categoria 1 ao alcançar a península da Baixa Califórnia.

Reuters |

Alguns moradores que haviam deixado Ciudad Constitución nas primeiras horas da manhã voltaram para avaliar os danos depois que o furacão passou pela desértica costa oeste da região com ventos de até 160 quilômetros por hora.

A polícia disse que não houve vítimas.

Em San Carlos, na costa da península, o furacão derrubou postes telegráficos e depósitos de chapas metálicas.

O Jimena foi o segundo furacão a atingir a costa mexicana do Pacífico nesta temporada. Ele provocou fortes chuvas durante a noite no balneário de Los Cabos, mas sem causar danos ou feridos graves.

Depois que o tempo melhorou, restaurantes limparam os destroços e os hotéis retiraram as tábuas que protegiam suas janelas. Muitos turistas, no entanto, já haviam abreviado suas férias e voltado para casa.

Um alerta contra furacões continua em vigor no norte da península da Baixa Califórnia, mas durante a tarde os ventos do Jimena já haviam diminuído para 145 quilômetros por hora, e a tempestade se afastava para alto mar.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG