O furacão Jimena foi rebaixado para a categoria 2 (de um máximo de 5), com ventos de 175 km/h, mas ainda permanece com um severo potencial de periculosidade no trajeto pelo Oceano Pacífico rumo à península da Baixa Califórnia (noroeste), anunciou o Serviço Meteorológico mexicano.

"Caiu para a categoria 2 ao registrar ventos sustentados de 175 km/h e rajadas de 210, com um deslocamento de 20 km/h, mas continua mantendo um grau de periculosidade severo", afirmou à AFP o meteorologista Darío Rodríguez.

Às 7H00 GMT (4H00 de Brasília), Jimena estava a 110 km de Porto Cortéz, no estado de Baixa Califórnia Sul.

Como em sua trajetória o furacão virou para o norte, o olho do furacão deve tocar a terra 12 horas depois do previsto, às 19H00 locais (22H00 de Brasília), provavelmente na localidade de La Ballena.

bur-jg/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.