Furacão Ike se fortalece e alcança categoria 4

O furacão Ike, que se dirigia neste sábado para Cuba e Bahamas e ameaça a Flórida, passou para a perigosa categoria 4, anunciou o Centro Nacional de Furações (NHC) de Miami.

AFP |

Ike deve alcançar as Bahamas na madrugada deste domingo, e o litoral de Cuba no correr de domingo ou na segunda-feira pela manhã.

O Haiti, já severamente afetado pelo furacão Hanna, que causou mais de 600 mortes, poderá sofrer novamente fortes chuvas com a passagem do Ike.

Ante a possível chegada do Ike, o governo cubano declarou neste sábado alerta de ciclone para sua região oriental a fim de dar início à evacuação das zonas de riscos.

Na Flórida, por onde Ike deve passar na terça-feira, o fenômeno pode ter piores conseqüências do que a passagem do furacão Andrew em 1992. Este estado do sudeste dos Estados Unidos já declarou estado de emergência.

Neste sábado, às 21H00 GMT, o olho do furacão se situava 145 km a leste das ilhas Turcas e Caicos, com ventos que chegam aos 215 km/h.

Por sua parte Hanna enfraqueceu ao tocar em terra firme nos Estados Unidos e deve deixar de ser uma tempestade tropical na noite de domingo.

Hanna se deslocava com ventos de 110 km/h quando passou pela fronteira da Carolina do Norte com a Carolina do Sul.

O centro advertiu que Hanna pode causar tornados isolados nesses estados, e também na Virgínia, Maryland e Nova York, além de chuvas fortes e ondas perigosas.

bur-lt/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG