Furacão Ike deixou pelo menos 52 mortos em 11 estados dos EUA

Pelo menos 52 pessoas morreram nos Estados Unidos durante a passagem do furacão Ike, que devastou 11 estados entre os dias 12 e 15 de setembro, segundo um balanço estabelecido nesta quinta-feira pela AFP com base nas informações das autoridades locais.

AFP |

O Texas foi o estado mais abalado, com 18 mortos, sendo 10 no condado de Harris, onde está a cidade de Houston, a quarta metrópole dos Estados Unidos, e sete nos arredores de Galveston, um balneário de 60.000 habitantes que foi completamente arrasado pelo furacão.

Vários morreram afogados, como um homem encontrado morto dentro de seu caminhão em Galveston, informou o médico-legista do condado.

Muitos morreram ao ser atingidos por árvores arrancados pela força do vento, e vários outros faleceram depois da passagem do furacão, por intoxicação de monóxido de carbono provocada por geradores defeituosos ou por eletrocução.

De acordo com a FEMA, a agência federal americana de gestão de crises, e médicos-legistas, o balanço de vítimas por estado é o seguinte: 18 mortos no Texas, sete em Ohio, sete em Indiana, cinco na Louisiana, quatro no Missouri, dois no Tennessee, dois na Pensilvânia, dois no Kentucky, dois em Michigan, dois em Illinois e um no Arkansas. Entretanto, o balanço das vítimas no Texas ainda pode aumentar.

Quase dois milhões de pessoas continuam sem eletricidade no Texas, mas a energia elétrica foi restabelecida para um milhão de habitantes, segundo o governador do estado, Rick Perry.

vmt/yw/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG