Furacão Ike adia chegada de carregamento à estação espacial

Por Dmitry Solovyov MOSCOU (Reuters) - As agências espaciais russa e norte-americana decidiram adiar a operação de acoplagem de um carregamento na Estação Espacial Internacional, depois que o centro de controle da missão, no Texas, teve de ser esvaziado devido à passagem do furacão Ike.

Reuters |

Autoridades das duas agências disseram nesta sexta-feira que a operação será feita na próxima quarta-feira, quatro dias depois da data original.

'Eles (da agência espacial norte-americana, Nasa) esvaziaram o centro de controle da missão, em Houston, e pediram a nós que adiássemos o estacionamento', disse por telefone Valery Lyndin, porta-voz do Controle da Missão Russa.

'Parece que nossos parceiros norte-americanos têm algumas preocupações técnicas e é claro que naves espaciais não são uma área em que você possa confiar no acaso. Então, é melhor nos garantirmos contra quaisquer riscos'.

Na sexta-feira, centenas de milhares de pessoas fugiram das áreas costeiras do Texas que estão na rota do furacão Ike, que ganhou força e ameaça Houston, a quarta cidade mais populosa dos Estados Unidos e centro da indústria petrolífera.

O controle da nave foi transferido para centros em Austin, também no Texas, e Huntsville, no Alabama.

O carregamento que teve seu estacionamento atrasado, o M-65, leva 2,5 toneladas de comida, água, combustível e presentes de parentes da tripulação. A carga também inclui uma roupa espacial Orlan-MK, da Rússia, totalmente computadorizada.

(Por Dmitry Solbyov)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG