Furacão Gustav pode atingir potência máxima nas próximas horas

O furacão Gustav poderá chegar à categoria cinco, de máxima potência, antes de atravessar o oeste de Cuba, ou depois, em sua trajetória para o Golfo do México, advertiu o Centro Nacional de Furacões americano (NHC, sigla em inglês), com sede em Miami.

AFP |

Gustav se fortaleceu neste sábado, tornando-se um furacão de categoria 4, com ventos de 230 km/h, antes de atingir a cubana ilha de la Juventud, e avança como um furacão "extremamente perigoso" para o oeste de Cuba, acrescentou o NHC.

"Gustav é um furacão extremamente perigoso de categoria 4, na escala Saffir-Simpson. Seus ventos alcançam os 230 km/h e se espera um fortalecimento adicional", frisou o NHC. "Gustav pode se tornar um furacão de categoria 5 antes, ou depois, de atravessar o oeste de Cuba", alertou o organismo. A escala Saffir-Simpson vai até 5.

Às 18h GMT (15h de Brasília), o centro do furacão estava perto da ilha de la Juventud e 180 km ao sul de Havana.

Sua velocidade de traslação era de 22 km/h, e a expectativa é de que o olho do furacão passe sobre o oeste de Cuba ainda na noite deste sábado, antes de avançar para o sul do Golfo do México, no domingo, e alcançar a parte norte do Golfo, na segunda, completou o NHC.

    Leia tudo sobre: gustav

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG