Três das 12 plataformas off-shore da Shell no Golfo do México foram levemente danificadas durante a passagem do furacão Gustav, e não retomarão suas atividades antes da próxima semana, informou nesta quinta-feira o grupo anglo-holandês.

"Nenhuma de nossas instalações sofreu danos significativos", relata a empresa em seu site.

No entanto, "houve danos de leves a moderados" nas plataformas Mars, West Delta 143 e Cognac, ainda de acordo com o site da companhia.

"Os reparos estão sendo feitos e a retomada da produção não começará antes da próxima semana", afirma a Shell.

Nas outras unidades, os procedimentos de retomada das atividades começarão já neste final de semana.

Assim como as outras empresas que exploram petróleo no Golfo do México, a Shell evacuou os funcionários de suas plataformas off-shore no último fim de semana, antes da passagem do Gustav.

gmo/ap/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.