Furacão "Celia" ainda não afeta litoral mexicano

Tempestade virou o primeiro furacão da temporada de ciclones e está distante da costa mexicana

EFE |

O furacão "Celia", que neste domingo se tornou o primeiro da atual temporada de ciclones no leste do Oceano Pacífico, ainda não afetou a costa mexicana, já que está compactado e afastado desta, informou uma fonte oficial.

O furacão está a 590 quilômetros ao sul de Acapulco, no estado de Guerrero, com ventos de 120 km/h, com sequências de maior velocidade, segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

Esta situação não afeta o território mexicano, pois, de acordo com o capitão Roel Ayala, meteorologista do Serviço de Defesa Civil de Guerrero, o fenômeno está afastado do litoral mexicano.

Além disso, não se prevê que na próximas horas o furacão tenha alguma influência na área, "uma vez que continua se expandindo para o oeste" a uma velocidade de 11 km/h, acrescentou.

O Serviço Meteorológico Nacional (SMN) afirmou que a área de alerta preventivo para chuvas fortes contempla o litoral dos estados de Chiapas, Oaxaca e Guerrero. O SMN recomendou precaução para a navegação marítima "nas imediações do fenômeno" e assegurou que o furacão estará a 620 quilômetros ao sul sudoeste de Acapulco na primeira hora de segunda-feira.

    Leia tudo sobre: furacão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG