Furacão Bill se aproxima de Bermudas e acende alerta

O furacão Bill perdeu força nesta sexta-feira quando seguia entre o arquipélago das Bermudas, território britânico, e a costa leste dos Estados Unidos, mas as autoridades das ilhas alertaram os moradores para que se preparassem para o perigo de inundações e fortes ondas.

Reuters |

Pelo traçado previsto, Bill não deve atingir a costa norte-americana. No entanto, deve passar pelo oeste das Ilhas Bermudas no sábado e a leste de Cape Cod, no Estado de Massachusetts, na manhã de domingo, antes de golpear o leste do Canadá ainda nesse dia.

AFP
Imagem de satélite do furacao Bill tirada nesta sexta-feira

O mercado norte-americano de energia está acompanhando com atenção a passagem do furacão porque ele poderia causar danos às plataformas de petróleo e gás natural e às refinarias do leste do Canadá.

O Centro Nacional de Furacões, dos EUA, afirmou que Bill, o primeiro furacão da temporada de 2009 no Atlântico, estava um pouco mais desorganizado e a velocidade máxima de seus ventos sustentados caiu para 185 quilômetros por hora.

Mas ele ainda continua sendo perigoso, classificado como de categoria 3 na escala de força Saffir-Simpson,que vai de 1 a 5.

Às 8h (9h em Brasília) o centro do furacão estava cerca de 620 quilômetros a sul das Bermudas.

"O olho do furacão deve passar no sábado entre Bermudas e a costa leste dos Estados Unidos," informou o Centro. A tempestade deve continuar na categoria 3 nas 36 horas seguintes, antes de se enfraquecer ao se aproximar do Canadá.

O centro informou que as Bermudas, território de 52 quilômetros quadrados com importância na indústria mundial de seguros, podem esperar "significativas inundações na costa durante um ou dois dias como resultado da perigosa arrebentação de ondas provocada pelo furacão."

As autoridades puseram os 68 mil habitantes de Bermudas de sobreaviso, pedindo que fiquem longe de praias e estradas e permaneçam em suas casas.

Leia mais sobre furacão Bill

    Leia tudo sobre: bermudaseuafuracão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG