Furacão Bill recobra forças; Bermuda se prepara

HAMILTON - O furacão Bill avança sobre o Atlântico, nesta quinta-feira, e deve recobrar sua força numa rota que o levará para o leste do Canadá, passando antes entre a ilha de Bermuda e a Costa Leste dos EUA, no sentido noroeste.

Reuters |

AP

Imagem de satélite do furacão Bill tirada nesta quinta-feira

Bermuda, um território britânico de 53 quilômetros que está no centro do setor mundial de seguros, emitiu um alerta sobre tempestades tropicais, fazendo os moradores se prepararem para ventos fortes e mar agitado quando Bill passar a oeste da ilha, no sábado.

Produtores de petróleo da Costa Leste canadense também acompanham com apreensão a rota do furacão, que está atualmente na categoria 3 da escala Saffir-Simpson, que vai até 5. Ele deve atingir as províncias de Nova Escócia e Terra Nova no domingo e segunda-feira.

Não há riscos de que o furacão atinja as instalações petrolíferas dos EUA, bem mais ao sul.

Bill chegou a atingir a categoria 4, depois voltou à 3, mas recobrou forças ao passar sobre águas mais quentes, com ventos regulares em torno de 200 km/h, segundo o Centro Nacional de Furacões (CNF) dos EUA.

"Bill deve novamente atingir o status da categoria 4 dentro das próximas 12 a 36 horas", acrescentou o CNF.

Às 18h (hora de Brasília), seu olho estava cerca de 960 quilômetros ao sul de Bermuda e 1.735 quilômetros a sudeste de Cape Hatteras, na Carolina do Norte.

"O centro do furacão Bill deve passar sobre águas abertas entre Bermuda e a Costa Leste dos EUA na madrugada de sábado", disse o CNF.

Casal Clinton

Jornais de Bermudas disseram que a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, e seu marido, o ex-presidente Bill Clinton, descansavam desde quarta-feira numa praia particular da ilha, mas deveriam ir embora na quinta. O Departamento de Estado não quis confirmar onde o casal Clinton está.

O CNF disse que o furacão Bill provoca forte ondulação no norte das ilhas Sotavento (Caribe), em Porto Rico e na ilha Hispaniola (onde ficam Haiti e República Dominicana).

Nos próximos dias, essas ondas devem afetar Bahamas, Bermuda, e a maior parte da Costa Leste de EUA e Canadá.

Na manhã de sábado o furacão Bill deve ter sua aproximação máxima de Bermuda, passando cerca de 370 quilômetros a oeste. A população da ilha está armazenando mantimentos, e algumas lojas dizem que já não há mais água mineral e lanternas.



Leia mais sobre furacão Bill

    Leia tudo sobre: billcaribefuracão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG