Furacão Bill perde força e volta à categoria 3

MIAMI (Reuters) -O furacão Bill perdeu força nesta quinta-feira e retornou à categoria 3 com ventos de 200 quilômetros por hora, mas observadores disseram que o fenômeno ainda pode retornar ao nível 4 numa escala que vai até 5. O Bill, primeiro furacão da temporada do Atlântico, ainda pode provocar um alerta de furacão nas Bermudas nesta quinta-feira, de acordo com o Centro Nacional de Furacões dos EUA.

Reuters |

Às 7h40 de Brasília, o furacão estava localizada 529 quilômetros a norte-nordeste das Ilhas Sotavento, e a 1270 quilômetros a sul-sudeste das Bermudas. O Bill se movimentava a 30 km/h e deveria tomar uma direção noroeste por mais um dia antes de fazer uma curva para o norte na sexta-feira.

Bermudas, um território britânico no meio do Atlântico, deve enfrentar chuvas e ventos fortes e elevação do nível do mar.

O jornal The Bermuda Sun disse que a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, e seu marido, o ex-presidente Bill Clinton, planejavam uma viajem particular de férias de três a quatro dias na região. O Departamento de Estado recusou-se a confirmar onde Hillary estava.

O furacão Bill foi reduzido à categoria 3 na escala Saffir-Simpson (de 1 a 5) cerca de 24 horas após ter sido declarado de categoria 4, com ventos de 215 km/h. O Centro dos EUA disse que ele pode voltar à categoria 4 novamente nas próximas 24 horas.

O furacão Bill, que segundo previsões anteriores poderia chegar na semana que vem às províncias do leste canadense, não ameaça as instalações petrolíferas norte-americanas no Golfo do México.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG