Furacão Bill passa perto de Bermudas e ameaça costa leste dos EUA

O furacão Bill atingiu neste sábado o arquipélago de Bermudas com fortes chuvas, seguindo seu caminho ao longo da costa leste dos Estados Unidos e ameaçando a ilha de Marthas Vineyard, onde a família do presidente Barack Obama é esperada domingo.

AFP |

O Centro Nacional dos Furacões (NHC, sigla em inglês), com sede em Miami (Flórida, sudeste dos EUA), informou neste sábado que o Bill atingiu Bermudas e Bahamas com fortes chuvas e ventos de até 165 km/h, e começa a afetar a costa sudeste dos Estados Unidos.

"O vento vai atingir o resto da costa leste dos Estados Unidos e o Canadá entre hoje e amanhã (domingo). Este vento pode provocar ondas extremamente perigosas e correntes potencialmente mortíferas", advertiu o NHC.

No entanto, o NHC rebaixou o furacão Bill, o primeiro desta temporada no Atlântico, à categoria 2 na escala Saffir-Simpson, que tem cinco níveis.

Na República Dominicana, as autoridades alertaram para ondas de três metros de altura.

As autoridades de Bermudas ordenaram o fechamento do aeroporto internacional L.F.Wade, e decretaram o estado de alerta em todo o arquipélago.

O ex-presidente americano Bill Clinton e sua esposa Hillary, que chegaram a Bermudas na quarta-feira, foram obrigados a encurtar suas férias. Eles tinham previsto ficar até este sábado, mas tiveram que sair na quinta-feira.

O furacão não tocou terra em Bermudas, mas provocou chuvas intensas e fortes ventos.

Ao contrário, a previsão é que ele atinja em cheio a ilha de Martha's Vineyard, no estado de Massachusetts (nordeste dos EUA), onde Barack e Michelle Obama devem chegar domingo junto com suas filhas, Malia e Sasha, para passar uma semana de férias.

De acordo com o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, a família presidencial deve ficar na pequena cidade de Chilmark, em uma mansão batizada "Blue Heron Farm".

"Prevemos ventos de 80 km/h no domingo", declarou sexta-feira à AFP Ned Kaiser, diretor adjunto do porto de Edgartown, na ilha que ficou famosa com o clã Kennedy.

A petroleira americana Exxon Mobil ordenou a evacuação de uma plataforma ao largo da província canadense de Nova Escócia, que está na trajetória do furacão.

Neste sábado, às 09H00 de Brasília, o olho do furacão estava 380 km a oeste/noroeste de Bermudas, 600 km a leste de Cabo Hatteras, na Carolina do Norte (sudeste dos EUA), e 820 km ao sul de Nantucket, em Massachusetts.

O Bill está se deslocando na direção do noroeste numa velocidade de 35 km/h, segundo o NHC.

"Uma mudança de direção para norte/noroeste e um aumento de sua velocidade são esperados para domingo", informou o NHC em seu último boletim, destacando que o furacão deve passar ao largo da Nova Inglaterra, uma região do nordeste dos EUA, na noite deste sábado, e se aproximar da Nova Escócia domingo.

A temporada de furacões no Atlântico vai de 1 de junho a 30 de novembro.

bur/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG