Furacão Alex pode chegar ao continente nesta quarta-feira

O furacão é o primeiro formado na bacia atlântica no mês de junho desde 1995

Reuters |

O furacão Alex se fortaleceu no Golfo do México e deve chegar ao continente ainda nesta quarta-feira, mas deve poupar plataformas de petróleo mexicanas e campos petrolíferos dos EUA, aliviando as preocupações do mercado de petróleo.

EFE
Furacão Alex já causa alagamentos no Estado mexicano de Tabasco
A primeira grande tempestade da temporada do Atlântico se transformou em um furacão de categoria 1 na noite de terça-feira e deve causar fortes chuvas na região. Meteorologistas esperam que o Alex chegue ao continente na quarta-feira trazendo 15 a 30 centímetros de chuvas ao nordeste do México e ao sul do Texas, assim como perigosas tempestades ao litoral.

Apesar de a previsão indicar que a tempestade não atingirá os principais locais de perfuração de petróleo, o mar agitado e as chuvas já dificultavam os esforços para controlar os danos causados pelo vazamento de petróleo da plataforma da BP no sul de Louisiana.

A previsão era de que ondas de até 4 metros de altura atrasassem em alguns dias os planos da empresa de instalar mais um sistema para capturar mais petróleo do poço em vazamento. A queima controlada de petróleo bruto na superfície, voos pulverizando dispersantes químicos e operações de barragem também foram suspensas na terça-feira, segundo autoridades.

A tempestade não deve interromper os planos da empresa de perfurar dois novos poços auxiliares para tampar o vazamento até agosto, disse a BP.

O México fechou seus portos de Dos Bocas e Cayo Arcas, na costa do Golfo, - responsáveis pela passagem de cerca de 80% das exportações de petróleo do país - desde domingo. Algumas empresas de energia retiraram seus funcionários e fecharam algumas unidades de produção como medida de precaução.

A temporada de furacões do Atlântico ocorre entre 1º de junho e 30 de novembro, e meteorologistas preveem uma temporada ativa de tempestades.

AFP
Imagem de satélite mostra posição do furacão Alex na noite de terça-feira

    Leia tudo sobre: FuracãoAlexOceano Atlântico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG