Mauricio Funes, da esquerdista Frente Farabundo Martí para a Libertação Nacional (FMLN), obteve 51,3% dos votos válidos na eleição presidencial de domingo, depois de apurados 99,4% dos votos, informou nesta segunda-feira o Tribunal Supremo Eleitoral (TSE).

O candidato da Aliança Republicana Nacionalista (Arena), Rodrigo Avila, obtinha 48,7% dos votos.

No total, o proclamado presidente eleito obtém vantagem de mais de 68.000 votos, num país de 5,8 milhões de habitantes.

ob/af/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.