Funeral de Bettie Page será na próxima terça-feira

Los Angeles (EUA), 12 dez (EFE).- O funeral de Bettie Page, um dos principais ícones da revolução sexual nos Estados Unidos, acontecerá na próxima terça-feira, segundo seu site oficial.

EFE |

Bettie Page, que na década de 1950 recebeu o título de rainha "pin-up" da revolução sexual, morreu nesta quinta-feira, aos 85 anos, em um hospital de Los Angeles.

Page, que foi uma das primeiras mulheres em Hollywood a posar nua para calendários eróticos, passou parte de seus últimos anos imersa em depressão, com mudanças violentas em seu estado de ânimo e reclusa em uma instituição mental de Los Angeles.

No dia 2 de dezembro, sofreu um ataque cardíaco, e nunca chegou a readquirir sua consciência.

Ela se mantinha viva graças à respiração com a ajuda de aparelhos que foram desligados após a aprovação de sua família, disse seu agente, Mark Roesler.

Antes do ataque cardíaco, Page tinha sido hospitalizada por três semanas por causa de uma pneumonia.

Bettie Mae Page nasceu em 22 de abril de 1923, em Nashville, no estado do Tennessee. Foi professora e secretária antes de viajar para Nova York, onde começou a assistir a aula de atuação e realizou seus primeiros trabalhos como modelo.

Começou então sua etapa de maior sucesso profissional, transformado-se em uma imagem habitual em revistas e calendários.

Suas fotos mais populares foram as publicadas em janeiro de 1955, pela revista Playboy, em que usava apenas um gorro de Papai Noel.

Aos 35 anos, ela abandonou o show business, se mudou para a Flórida e começou a estudar minuciosamente a Bíblia.

O fim de seu terceiro casamento provocou uma grande depressão em Page, que chegou a atacar sua caseira com uma faca, o que lhe custou uma pena de dez anos em uma instituição mental da Califórnia.

Bettie Page não teve filhos, e deixou os irmãos Jack Page e Joyce Wallace. EFE mg/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG