Funerais agilizados em Israel por causa da ameaça de ataques palestinos

Os funerais em Israel estão sendo organizados sem orações fúnebres devido aos riscos de disparos de foguetes palestinos a partir da Faixa de Gaza, indicou nesta terça-feira o jornal Yediot Aharonot.

AFP |

"Tivemos que tomar medidas devido à situação de insegurança, e uma delas foi cancelar as orações", declarou Elie Ifrah, diretor do cemitério de Ashkelon.

A cidade de Ashkelon, no litoral mediterrâneo e situada a 13 km ao norte da Faixa de Gaza, é alvo dos foguetes palestinos de longo alcance desde o início da ofensiva israelense.

O grande rabino de Ashkelon, Yossef Haïm Bloy, publicou, além disso, um decreto religioso que proibe no momento as visitas das famílias aos túmulos de seus entes queridos.

"Ir hoje ao cermitério é colocar sua vida em perigo", alertou o rabino.

jp/pa/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG