Fundo de investimento árabe pode comprar arranha-céu em N.York

Nova York, 11 jun (EFE) - O fundo soberano de investimento do emirado de Abu Dhabi negocia a compra de 75% do emblemático arranha-céu Chrysler de Nova York por US$ 800 milhões, informa hoje o jornal New York Post.

EFE |

A Tishman Speyer Properties, proprietária dos 25% restantes desta obra arquitetônica de art déco, se encarregaria da administração do edifício, enquanto o fundo soberano de Abu Dhabi atuaria como sócio silencioso, segundo o jornal.

O Chrysler Building, um dos arranha-céus mais emblemáticos da cidade, junto ao Empire State, fica situado na zona leste de Manhattan e tem 319 metros de altura.

O arranha-céu, concluído em 1930, foi desenhado pelo arquiteto William van Alen para abrigar a sede da fabricante de automóveis Chrysler.

Seu perfil é um dos mais utilizados pelo cinema nos filmes e séries de televisão rodados na cidade, entre elas "Sex and the City", onde aparecia na abertura de cada episódio.

As negociações do fundo árabe para comprar o Chrysler ocorrem depois que, no final de maio, o fundo de investimentos imobiliários Boston Properties anunciou a aquisição do edifício da General Motors também em Nova York, assim como de outras propriedades da Macklowe Properties, por um total de US$ 3,949 bilhões.

O Boston Properties contou, para esta operação, com os fundos soberanos do Catar e do Kuwait como parceiros. EFE bj/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG