erro colossal - Mundo - iG" /

Fundador da ETA diz que tática do grupo foi um erro colossal

Viena, 3 ago (EFE).- Julen Madariaga, um dos fundadores da ETA, disse hoje à versão digital do jornal austríaco Der Standard que a tática usada pela organização terrorista nos últimos 20 anos foi um erro colossal e que a aposta pela violência para conseguir a independência do País Basco é contraproducente.

EFE |

Para Madariaga, que fez parte da primeira direção da organização, da qual tomou distância há anos, declarou que o povo basco "já não compartilha da luta armada".

"Não tem absolutamente nenhum sentido para a causa basca. No contexto político de 20 ou 25 anos atrás, a luta armada ainda oferecia algo a nossos interesses. Essa situação mudou", disse ao jornal.

O ex-militante opinou que é preciso "levar em consideração a vontade da maioria do povo basco" e que continuar com a violência "prejudica a causa basca".

Madariaga, que atualmente faz parte do partido político basco Aralar, assegurou que a violência da ETA reforça o apoio para as legendas não nacionalistas no País Basco. "O que foi positivo no passado se voltou contra nós", avaliou.

O dissidente da organização terrorista acrescentou que a única solução para a "questão basca" passa pela negociação e criticou o Governo espanhol por apostar pela luta policial para acabar com a ETA. EFE As/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG