Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Funcionários estrangeiros da ONU seqüestrados na Somália

Dois funcionários estrangeiros das Nações Unidas foram seqüestrados nesta terça-feira no sul da Somália por homens armados, informaram as autoridades locais.

AFP |

"No momento não temos muitas informações, mas posso dizer que dois funcionários estrangeiros da Organização para a Agricultura e a Alimentação (FAO) foram interceptados por milicianos armados quando seguiam para Buale, perto de Kismayo" (500 km ao sul de Mogadíscio), declarou o delegado do distrito, Ibrahim Noleye.

"Acreditamos que foram capturados como reféns", acrescentou Noeleye, sem precisar as nacionalidades das vítimas.

A Somália está em guerra civil desde 1991 e enfrenta uma grave crise humanitária, com vários seqüestros e confrontos entre grupos armados.

O Departamento de Estado americano, com base em uma estimativa do grupo de estudos para a segurança alimentar da ONU, afirmou em um relatório divulgado em março que dois dos 10 milhões de somalis precisam de ajuda humanitária por causa dos efeitos acumulados da seca, do conflito e dos importantes deslocamentos da população.

nur-jmm/fp

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG