Funcionários demitidos matam presidente de empresa italiana na Índia

O presidente da filial indiana de um fabricante de autopeças italiano foi linchado na segunda-feira por dezenas de funcionários que haviam sido demitidos, informa a imprensa local.

AFP |

Lalit Kishore Chaudhury, 40 anos, foi agredido até a morte com barras de ferro em pleno luz do dia na cidade de Noida, na periferia industrial de Nova Délhi, onde fica a sede da empresa Graziano Transmissioni India, informou a polícia ao jornal Indian Express.

O executivo foi agredido ao fim de uma reunião tensa com ex-funcionários da empresa.

Quase 300 empregados foram despedidos há dois meses por terem, aparentemente, saqueado o local de trabalho após exigências de aumentos salariais e de contratos fixos.

Os atos bárbaros também deixaram 40 feridos. A polícia prendeu quase 60 pessoas, que serão julgadas por distúrbios e homicídio.

pg/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG