Buenos Aires, 24 abr (EFE).- Várias estradas e rodovias de acesso a Buenos Aires foram novamente bloqueadas hoje devido à baixa visibilidade provocada pela fumaça das queimadas, que se juntou à existência de neblina na região.

Em algumas rotas das províncias de Buenos Aires e Entre Ríos, as mais prejudicadas pelas centenas de incêndios que ocorrem há mais de duas semanas no delta do Rio Paraná, o trânsito de veículos está sendo controlado pelas forças de segurança.

Buenos Aires e arredores voltaram a amanhecer hoje em meio à fumaça, mas com menor intensidade que entre quinta-feira e sábado passados.

Há várias estradas afetadas pela fumaça, onde foram registrados diversos acidentes que deixaram dez mortos e dezenas de feridos desde o início do mês, quando foram declarados os primeiros focos.

Também hoje foram suspensas as saídas de ônibus do terminal do Retiro para a zona afetada pela fumaça, o que representou o cancelamento de viagens ao Brasil, Uruguai e Paraguai.

Habitantes das províncias de Buenos Aires e Entre Ríos tiveram que ser atendidos nesta quarta-feira por causa de problemas respiratórios causados pela fumaça, que também gerou centenas de consultas em hospitais da capital do país.

O Serviço Meteorológico Nacional afirmou que os ventos do norte que trazem a fumaça para Buenos Aires persistirão pelo menos até sábado, quando há previsão de chuva. EFE hd/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.