Fukuda destaca cooperação com os EUA sobre a Coréia do Norte

Tóquio, 26 jun (EFE).- O primeiro-ministro japonês, Yasuo Fukuda, destacou hoje que uma cooperação estreita de seu país com os Estados Unidos servirá para resolver os assuntos pendentes com o regime da Coréia do Norte, como os seqüestros de japoneses por Pyongyang.

EFE |

Segundo a agência local "Kyodo", Fukuda fez estas declarações antes de saber oficialmente que a Coréia do Norte tinha apresentado sua declaração nuclear à China e que os EUA anunciassem que o retirará da lista de países que patrocinam o terrorismo, como já se esperava.

Fukuda negou que a decisão dos Estados Unidos de levantar suas sanções à Coréia do Norte e retirá-lo da lista negra fosse influir nas negociações sobre os seqüestrados japoneses nas décadas de 70 e 80.

"Estivemos em uma comunicação constante neste tempo" com os Estados Unidos, disse o primeiro-ministro do Japão.

"Precisamos continuar fazendo isso para garantir a desnuclearização da Coréia do Norte e para garantir que seja resolvido o assunto dos seqüestros, que é um tema importante para nosso país", acrescentou.

Antes, o ministro porta-voz do Japão, Nobutaka Machimura, disse que, embora os EUA retirem a Coréia do Norte da lista de países que apóiam o terrorismo, o Japão insiste em solicitar a resolução dos seqüestros de cidadãos japoneses.

Nos anos 70 e 80, a Coréia do Norte iniciou uma operação de seqüestro de japoneses para ter professores do idioma japonês em suas escolas de espiões, e o Japão exige a devolução de todos seus cidadãos como passo prévio à normalização de relações. EFE psh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG