Fujimoristas e sindicalistas se enfrentam fora da sede judicial

LIMA - Os simpatizantes de Alberto Fujimori e um grupo de sindicalistas se enfrentaram hoje do lado de fora da sede judicial onde aconteceu a leitura da sentença do julgamento contra o ex-presidente peruano por violações aos direitos humanos, das quais foi considerado culpado.

EFE |

Os fujimoristas estão concentrados a cerca de 200 metros da sala judicial, de onde estão acompanhando a leitura da sentença por um telão, e reagiram quando viram se aproximar um grupo da Confederação Geral dos Trabalhadores do Peru (CGTP), que pede a condenação do ex-líder.

Ao atravessarem a rua, os sindicalistas gritaram "assassinos", enquanto os fujimoristas responderam com "terroristas", o que deu início a uma briga que deixou vários feridos.

Um simpatizante de Fujimori foi ferido na cabeça por uma pedra jogada pelos críticos ao ex-líder. A polícia presente na área separou os dois grupos e ficou entre eles para evitar que se enfrentem novamente.

A sala anunciou que as acusações contra Fujimori estão comprovadas, ao anunciar que chegou de forma unânime a uma sentença condenatória.

Leia mais sobre Alberto Fujimori

    Leia tudo sobre: alberto fujimori

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG