Ex-presidente peruano cumpre pena de 25 anos em Lima

O ex-presidente peruano, Alberto Fujimori, preso em uma base policial, será hospitalizado para uma cirurgia, na segunda-feira, pela volta de um câncer de língua, anunciou este sábado o médico Alejandro Aguinaga, que qualificou o caso de grave. A operação em Fujimori, de 72 anos e que perdeu 14 quilos desde que entrou na prisão, será a terceira desde que o câncer retornou, em 2008, disse o médico, que também é congressista 'fujimorista'.

"O presidente será internado no (hospital do) Instituto Nacional de Doenças Neoplásicas por um ressurgimento local da neoplasia (na língua) esta segunda-feira", declarou Aguinaga à rádio local RPP. Aguinaga qualificou o caso de grave e rejeitou especulações da imprensa, segundo as quais a operação foi acertada para que o ex-presidente fique no hospital até abril, quando se realiza o primeiro turno das eleições presidenciais, às quais disputa sua filha, Keiko Fujimori.

"Lamento que se queira fazer uma novela de uma situação tão grave e que compromete um ex-presidente da República", disse Aguinaga.Em fevereiro do ano passado, o ex-presidente foi submetido a uma operação na língua, durante a qual teve extraídos 4 centímetros de uma lesão cancerígena. Fujimori está confinado em uma base policial ao leste de Lima, onde cumpre pena de 25 anos de prisão por violação dos direitos humanos durante o seu governo (1990-2000).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.