Fujimori será levado a hospital por causa de cisto no pâncreas

Lima, 4 set (EFE) - O ex-presidente peruano Alberto Fujimori será levado a um hospital para se submeter a exames médicos por um cisto no pâncreas, informou hoje o juizado no qual ele está sendo julgado, em meio a temores de que seu processo volte ao ponto de partida. Estes exames serão realizados amanhã no Instituto Nacional de Doenças, em Lima, aonde Fujimori será transferido a partir do centro penitenciário no qual está recluso, de acordo com um comunicado de imprensa do Poder Judiciário. Além disso, a Sala Penal Especial da Corte Suprema, que julga desde dezembro o ex-presidente (1990-2000) por dois casos de violação aos direitos humanos, também ratificou sua permanente vontade de respeitar os direitos das partes e garante o devido processo legal. O Instituto Médico Legal (IML) informou na terça-feira à Sala que Fujimori tinha sido detectado com um cisto de 1,5 centímetro de diâmetro no pâncreas, e, por isso, recomendou a realização de exames complementares. O ex-governante, de 70 anos, já foi submetido a uma cirurgia este ano por causa de uma lesão cancerígena na boca e teve uma semana de repouso médico por esse procedimento. Este novo problema de saúde preocupa o (ex-) presidente, disse hoje à Agência Efe o advogado de Fujimori, César Nakazaki. Em declarações a Radio Programas del Perú (RPP), o médico pessoal de Fujimori, Alejandro Aguinaga, afirmou hoje que espera receber os resultados dos exames na próxima segunda-feira. O também...

EFE |

Se o julgamento fosse suspenso por um período maior ao mencionado por Peláez, o processo voltaria ao ponto de partida e "seria um desastre", disse. EFE wat/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG