A frota russa que realizará manobras conjuntas com a marinha venezuelena entrou nesta terça-feira no porto de La Guaira, onde permanecerá uma semana, fato inédito desde o fim da Guerra Fria.

Os navios russos entraram neste porto perto de Caracas e foram recebidos por integrantes da marinha venezuelana com uma salva de canhões.

A chegada da frota russa coincide com a histórica viagem à Venezuela do presidente russo Dimitri Medvedev, que se reunirá com o presidente Hugo Chávez nesta quarta-feira. Ambos poderão visitar juntos os navios na quinta-feira.

bl/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.