Frota com ajuda humanitária deve chegar amanhã a Gaza

Seis navios com ajuda humanitária e 750 ativistas planejam desafiar bloqueio imposto contra território palestino por Israel

EFE |

AP
Bandeiras palestinas são vistas no porto de Gaza, um dia antes da esperada chegada de uma flotilha com suprimentos
A frota de seis navios com ajuda humanitária e 750 pessoas a bordo atrasou neste domingo pelo segundo dia consecutivo sua chegada à costa de Gaza, que deve acontecer amanhã, informaram os organizadores da iniciativa.

Rami Abdo, porta-voz da campanha europeia contra o cerco israelense a Gaza, disse que as embarcações devem chegar em águas territoriais da Faixa de Gaza na manhã de segunda-feira, depois de uma série de obstáculos impediram sua chegada no sábado e deste domingo.

"As razões (do atraso) são várias, mas a mais importante é a necessidade de dar tempo para que a diplomacia atue", informa o blog escrito pelos membros da ONG Associação Cultura, Paz e Solidariedade Haydée Santamaría que participam da expedição.

Outro dos principais motivos da mudança de planos foi que cerca de 30 ativistas de direitos humanos, entre eles 12 parlamentares europeus, não puderam unir-se à frota na sexta-feira, pela decisão das autoridades de Grécia e Chipre de proibir a saída de seus portos de qualquer embarcação com destino a Gaza.

    Leia tudo sobre: PalestinosHamasFaixa de GazaIsrael

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG