Fronteira entre EUA e México é atingida por mais de 100 tremores

Primeiro terremoto, de 5,7 graus de magnitude, teve mais de uma centena de tremores secundários

iG São Paulo |

Mais de 100 terremotos atingiram nas últimas horas o sul dos Estados Unidos, junto à fronteira com o México, sem causar danos relevantes.

O terremoto de maior intensidade, com magnitude de 5,7 na escala Richter, foi registrado à 01h26 (horário de Brasília), informou o Instituto Geológico dos EUA (USGS) em seu site. O epicentro ficou a 8 quilômetros ao sudeste da localidade californiana de Ocotillo, no condado de San Diego, e o tremor chegou a ser sentido no condado de Los Angeles.

Após o forte tremor inicial, mais de 100 pequenos tremores secundários foram registrados, sendo que o mais forte teve 4,5 graus de magnitude, segundo o USGS.

Um terremoto de magnitude 5,7 "poderia quebrar janelas, poderia jogar coisas no chão, poderia criar rachaduras na parede, mas não esperamos que as coisas colapso", afirmou Egill Hauksson, sismólogo do Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena.

Os terremotos não causaram danos importantes, embora o primeiro deles, o de 5,7 graus, tenha sido sentido com muita intensidade em San Diego e obrigou a paralisação de um jogo de baseball entre o San Diego Padres e o Toronto Blue Jays.

Reuters
Placar do Petco Park, estádio do San Diego Padres, informa os torcedores sobre o terremoto

* Com EFE e AP

    Leia tudo sobre: terremotoEstados UnidosCalifórniaMéxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG