Frio já matou mais de 300 este ano na Índia

Mais de 300 pessoas já morreram de frio desde o começo do ano no norte da Índia, segundo a imprensa local. Todos os anos são registradas mortes de pessoas que dormem ao relento, mas este ano o inverno vem sem mostrando especialmente rigoroso.

BBC Brasil |

As temperaturas giram em torno de zero grau ou mesmo alguns graus negativos nas regiões de Caxemira, Rajastão, Himachal Pradesh e Jammu.

"Dezenas de milhões de indianos são ou sem-teto ou vivem em acomodações muito básicas e eles simplesmente não estão equipados para lidar com temperaturas muitos graus abaixo do que se espera para esta época do ano", afirma o correspondente da BBC em Nova Déli Chris Morris.

Escolas suspenderam aulas em várias partes do norte indiano, e o governo vem distribuindo cobertores e lenha, mas a imprensa local afirma que as medidas não são suficientes.

"Nos últimos quatro ou cinco dias a região vem experimentando frio intenso. Todos estão sofrendo", afirma Sitaram, residente de Jaipur, capital do Estado do Rajastão.

Uma família na cidade de Meerut teria perdido quatro crianças por causa do frio nos últimos dias, diz a imprensa indiana.

Em outro relato de jornais locais, na cidade de Nova Déli, um garoto sem-teto de 15 anos de idade teria sido assassinado na semana passada por um homem que tentava roubar seu cobertor.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG