Paris, 11 jan (EFE).- A circulação por estrada continua difícil hoje na rede secundária da França, sobretudo no oeste, por causa do temporal de neve e frio - particularmente intenso no sul do país -, que também causou atrasos e cancelamentos nos trens de alta velocidade.

Os grandes aeroportos franceses, alguns dos quais tiveram a atividade afetada pelo temporal na semana passada - Lyon, Toulouse e Charles de Gaulle em Paris -, funcionavam hoje normalmente, e a situação deveria seguir assim, já que não há previsão de novas nevascas consideráveis até amanhã à tarde.

O Centro Nacional de Informação Viária (CNIR, em francês) afirmou que, esta manhã, não havia mais problemas para circular pela rede principal, mas que, na secundária, a situação era ainda "difícil" em alguns locais, porque não foi possível limpar muitas estradas e se formou gelo debaixo da neve.

Os serviços ferroviários continuavam alterados por causa do temporal, e não só o Eurostar, que liga Paris e Bruxelas com Londres.

Os trens de alta velocidade das linhas que vão de Paris ao sudeste (Lyon, Marselha, Montpellier, etc.) sofriam atrasos de até mais de uma hora e inclusive, vários cancelamentos.

No sul da França, após as nevascas dos últimos dias, o protagonista esta manhã foi o frio, com temperaturas que ficaram em torno de 10 abaixo de zero em cidades do interior, como Toulouse, e que chegaram a 15 abaixo de zero em Grenoble, números que poderiam se repetir na próxima madrugada. EFE ac/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.