Frio deixa ao menos 35 mortos na Europa

Nevascas fecham estradas, ferrovias e aeroportos ao redor do continente, onde temperaturas chegam a -33ºC

iG São Paulo |

Países europeus continuam a enfrentar fortes nevascas e baixíssimas temperaturas nesta sexta-feira. Segundo autoridades, o número de mortos pelo frio chega a 35 em todo o continente.

Pelo menos 30 mortes foram registradas na Polônia, onde os termômetros chegaram a marcar -33ºC nos últimos dias. As principais vítimas são moradores de rua.

Outras três mortes ocorreram na Rússia e duas na Alemanha - uma das vítimas era um homem de 73 anos que teria sido atingido por um trem enquanto tentava retirar neve na Baixa Saxônia.

Milhares de pessoas deixaram de trabalhar ou viajar devido ao fechamento de estradas, ferrovias e aeroportos ao redor do continente. Houve atrasos em voos no aeroporto de Heathrow, em Londres, no Charles de Gaulle, em Paris, no de Schiphol, em Amsterdã, e nos aeroportos de Berlin Tegel e Dusseldorf, na Alemanha.

O aeroporto de Gatwick, em Londres, reabriu na manhã desta sexta-feira após dois dias fechados, mas passageiros foram alertados para o risco de atrasos e cancelamentos. Os aeroportos de City, em Londres, e Edimburgo, na Escócia, também sofreram fechamentos. O Eurostar deve sofrer uma redução significativa nos serviços até domingo.

Nos Bálcãs, fortes chuvas inundaram partes de Albânia, Bósnia, Sérvia e Montenegro. Mais de mil pessoas foram forçadas a deixar suas casas para fugir das cheias.

Com BBC e AP

    Leia tudo sobre: europanevefriopolôniatransportes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG