Duas freiras católicas italianas foram seqüestradas na região norte do Quênia, na fronteira com a Somália, supostamente por criminosos somalis, anunciaram a Cruz Vermelha queniana e a chancelaria italiana.

Na manhã desta segunda-feira, homens armados atacaram a cidade de Elwak, no distrito de Mandera, onde seqüestraram as religiosas e também roubaram dois veículos.

oto/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.