Frei convoca eleitores a defender cada voto no segundo turno no Chile

Santiago do Chile, 15 jan (EFE).- O candidato governista à Presidência do Chile, Eduardo Frei, convocou hoje seus eleitores a defender cada voto no próximo domingo, dia da disputa do segundo turno das eleições presidenciais, pois um voto pode fazer a diferença.

EFE |

"Não se pode fazer previsões, porque os resultados serão apertados; por isso, um voto faz a diferença", sustentou Frei em declarações à rádio "Cooperativa", nas quais reiterou seu pedido para que os chilenos não votem nulo ou em branco.

Frei enfrenta no domingo o direitista Sebastián Piñera. No primeiro turno, disputado em 13 de dezembro, Piñera venceu Frei com 14 pontos de vantagem.

Segundo as últimas pesquisas, Piñera está a apenas 1,8 ponto percentual à frente de Frei.

O também ex-presidente, que encerrou sua campanha ontem à noite, com um ato no município de La Hacienda, também refutou uma afirmação da equipe de seu adversário de que inclusive durante seu Governo (1994-2000) não deixou suas atividades empresariais e realizava reuniões de acionistas em sua casa.

"Há 25 anos deixei os negócios pelo serviço público. Estamos desde a campanha de 1994 demonstrando que não há operações com ações; até o momento, não estão mostrando nada", disse Frei.

"O candidato da direita prometeu que venderia suas empresas, não o fez e continua administrando seus negócios; aqui há um conflito de interesse", acrescentou. EFE ns/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG