Franceses protestam perto da embaixada da China em Paris

Manifestantes pró-Tibete protestaram próximo à embaixada da China em Paris nesta sexta-feira, durante a abertura da Olimpíada de Pequim. A Justiça francesa autorizou a realização da manifestação nos arredores da embaixada da China em Paris, suspendendo a decisão da polícia, que havia proibido qualquer tipo de protesto na capital francesa em frente à representação diplomática da China.

BBC Brasil |

A manifestação foi convocada pela organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) e ocorre no início desta tarde sob fortíssimo esquema de segurança.

Policiais utilizando escudos impediram, no entanto, os manifestantes de passarem pela Avenida George V, na área da Champs-Elysées, que permite o acesso até a embaixada da China.

Centenas de pessoas desfilam pelas ruas próximas à Champs-Elysées nesta tarde em Paris para protestar contra a realização dos Jogos Olímpicos na China.

Dalai Lama
A presença do presidente francês, Nicolas Sarkozy, na cerimônia de abertura dos Jogos em Pequim nesta sexta-feira também está causando grande polêmica na França.

A oposição e inúmeros franceses acreditam que Sarkozy não deveria participar do evento em sinal de protesto à repressão chinesa no Tibete.

Sarkozy declarou nesta sexta, durante um encontro com os atletas franceses na Vila Olímpica, que não é possível "boicotar um quarto da humanidade", justificando dessa forma sua presença na cerimônia de abertura em Pequim.

O fato de Sarkozy não se encontrar com o Dalai Lama durante sua visita à França, a partir do próximo dia 11, alimentou ainda mais as críticas ao presidente francês.

O governo justifica que o líder espiritual tibetano não solicitou um encontro com o presidente francês.

Será a primeira-dama, Carla Bruni, que participará de uma cerimônia religiosa na qual o Dalai Lama irá inaugurar um templo budista em Paris, no dia 22 de agosto.

Diante da polêmica, o partido do presidente Sarkozy, UMP, anunciou na quinta-feira que Sarkozy se encontrará com o Dalai Lama "antes do final do ano".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG