Francês respalda empréstimos a bancos já nesta semana

Paris, 22 out (EFE).- O primeiro-ministro francês, François Fillon, anunciou hoje que os primeiros empréstimos aos bancos respaldados por garantias estatais serão firmados até o fim desta semana.

EFE |

Em um encontro com parlamentares da maioria conservadora, Fillon indicou que a Sociedade Francesa de Refinanciamento da Economia (SFRE), constituída na semana passada em caráter urgente para enfrentar crise financeira, outorgará os primeiros créditos às entidades bancárias nesta mesma semana.

Para oferecer às entidades financeiras as garantias estatais de empréstimos até 320 bilhões de euros, a SFRE, que celebrou seu primeiro conselho de administração na sexta-feira passada, tomará o dinheiro no mercado e o emprestará a um tipo superior para se remunerar com a diferença.

Esses créditos, que os bancos poderão contratar daqui a 31 de dezembro, terão um período de vencimento de até cinco anos.

As entidades financeiras terão que oferecer ativos como aval para esses empréstimos.

Os avais terão que ser de um valor superior aos empréstimos, o que se encarregará de certificar o governador do Banco da França, Christian Noyer.

Fillon também falou dos 10,5 bilhões de euros que o Estado vai injetar em seis dos principais bancos franceses, da verba de 40 bilhões de euros sujeita a utilização para sua recapitalização.

Concretamente, o chefe do Governo insistiu que "não se trata de um presente aos bancos" e que o Estado cobrará taxas de juros de 8%.

Como ao mesmo tempo o próprio Estado precisará tomar esse dinheiro emprestado a 4%, a remuneração líquida deverá ser de 4%, o que poderia lhe render 400 milhões de euros, segundo cálculos do Ministério da Economia. EFE ac/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG