A França vai transmitir na próxima quarta-feira à Argentina documentos sobre a situação dos exilados argentinos na França durante a ditadura militar (1976-83), anunciou neste sábado uma nota à imprensa.

Os documentos serão entregues pelo embaixador da França em Buenos Aires, Frédéric du Laurens, aos Arquivos Nacionais da Memória (ANM) durante uma cerimônia.

Cerca de 30.000 pessoas, entre elas 15 de nacionalidade francesa, "desapareceram" durante os anos negros da ditadura na Argentina, segundo uma contagem de organizações de defesa dos direitos humanos.

ls/rpl/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.