França terá cerca de 3 mil militares mobilizados no Afeganistão

Dushanbe, 11 abr (EFE).- O ministro de Exteriores francês, Bernard Kouchner, afirmou hoje que a França elevará a presença de suas tropas no Afeganistão até cerca de 3.

EFE |

000 homens, e agradeceu a contribuição do Tadjiquistão a essa missão.

"A França enviará um batalhão. Não posso dar o número exato, pois os militares devem decidir isso, mas posso dizer que haverá no Afeganistão, no total, cerca de 3.000 efetivos", disse Kouchner à imprensa na capital tajique, Dushanbe.

Atualmente, a França tem mobilizados no Afeganistão cerca de 2.300 soldados, e o primeiro-ministro francês, François Fillon, disse após a recente cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em Bucareste, que seu país enviará mais "várias centenas" de efetivos, com condições.

Kouchner defendeu a decisão do presidente francês, Nicolas Sarkozy, de aumentar o contingente de seu país no Afeganistão, criticada na França como uma concessão aos Estados Unidos.

"Não é nenhum jogo. Trata-se da vontade de nosso presidente, é uma decisão consciente", disse o chefe da diplomacia francesa.

"Não lutamos contra os afegãos, mas a seu lado, lutamos contra o extremismo e o terrorismo internacional, junto ao Governo e ao Parlamento do Afeganistão, escolhidos por voto universal", disse.

EFE gln/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG