França suspende busca de piloto do Rafale acidentado

A Marinha francesa anunciou neste domingo a suspensão das buscas de um dos pilotos dos dois caças Rafale que caíram no mar na quinta-feira passada, no Mediterrâneo.

AFP |

"Todas as pistas que permitiam ter esperanças foram esgotadas, e decidimos suspender as buscas aéreas do piloto aeronaval às 21h00 de hoje", declarou a Marinha em um comunicado.

"Os numerosos meios empregados nos últimos três dias lamentavelmente não permitiram encontrar o capitão-de-fragata da reserva François Duflot, piloto de teste da 'Délégation générale pour larmement (DGA)'", revelou a Marinha.

O outro piloto envolvido, que conseguiu se ejetar, foi resgatado são e salvo no dia do acidente.

Segundo o capitão-de-fragata Bertrand Bonneau, do Serviço de informação da Marinha, os Rafale estão, provavelmente, a 600 metros de profundidade.

Os dois Rafale do porta-aviões "Charles-de-Gaulle" caíram, provavelmente, devido a um choque entre ambos, diante da costa de Perpignan.

O acidente foi registrado em um momento particularmente delicado para a França, já que o caça, que até agora nunca foi vendido para o exterior, aparece como favorito para vencer um contrato de cerca de 5 bilhões de euros com o Brasil.

ha/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG