França reconstruirá hospital destruído por Israel em Gaza

Paris, 3 fev (EFE).- A França planeja reconstruir o hospital de Al Quds, na Faixa de Gaza, destruído pelos bombardeios israelenses, anunciaram hoje o ministro de Assuntos Exteriores da França, Bernard Kouchner, e o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas.

EFE |

"Há um projeto aprovado pela França para a reconstrução do hospital Al Quds, em Gaza. É um projeto extremamente importante no campo humanitário", disse Abbas em Paris, durante uma entrevista coletiva com Kouchner no segundo dia de sua visita à França.

O presidente da ANP mostrou seu desejo de que o projeto francês para a reconstrução do centro hospitalar, destruído no último dia 15, comece a ser implementado o mais rápido possível.

Kouchner disse que é preciso "que as portas se abram" e que as milícias se reconciliem e abram "a porta a um Governo de união nacional".

Segundo Abbas, um Executivo desse tipo é necessário para "a reconstrução e para a realização de eleições legislativas e presidenciais".

Sobre as eleições em Israel, o presidente palestino se mostrou disposto a "trabalhar com toda pessoa que for eleita pelo povo israelense, desde que não nos faça voltar ao ponto de partida".

"As negociações que travamos já faz um ano nos permitiram chegar a uma compreensão mútua. Agora sabemos o que querem os israelenses e eles sabem o que nós queremos", afirmou Abbas.

O presidente da ANP deve ir amanhã à sede do Parlamento Europeu (PE), na cidade francesa de Estrasburgo. Depois, visitará Reino Unido, Polônia, Itália e Turquia. EFE lmpg/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG