França quer contribuir para diálogo de Cuba com EUA e UE

Havana, 25 fev (EFE).- O ex-ministro francês Jack Lang, designado pelo presidente Nicolas Sarkozy para reativar as relações com Cuba, afirmou hoje em Havana que seu país quer colaborar para o diálogo da ilha com Estados Unidos e União Europeia (UE).

EFE |

"A França quer facilitar o diálogo entre Cuba e EUA", disse Lang em coletiva de imprensa, depois de se reunir nesta quarta com o presidente cubano, Raúl Castro, em um encontro de mais de duas horas que o enviado especial qualificou como "amigável", "cordial" e "sem formalidades".

"A França e seu presidente buscam ser um dos motores do diálogo entre Europa e América Latina, entre Europa e América do Norte", frisou o ex-ministro, que deve jantar ainda esta noite com o presidente cubano.

O ex-ministro diz ter encontrado Raúl Castro com um espírito de "abertura", com predisposição a "discutir" tudo e com a opinião de que "chegou o momento de um diálogo incondicional baseado no respeito aos povos".

Lang chegou na sexta-feira passada a Cuba, mas apenas nesta quarta fontes francesas em Paris e Havana informaram sobre a viagem.

O ex-ministro deve voltar à França na próxima sexta-feira. EFE jlp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG