França pede que ONU obrigue Mianmar a aceitar ajuda internacional

A França espera que o Conselho de Segurança da ONU adote uma resolução que obrigue a junta militar birmanesa a permitir a passagem da ajuda internacional destinada às vítimas do ciclone Nargis, declarou nesta quarta-feira à imprensa o chanceler francês Bernard Kouchner.

AFP |

"Estamos vendo nas Nações Unidas se é possível utilizar a responsabilidade de proteção para que seja estabelecida uma resolução que imponha ao governo birmanês a passagem (da ajuda)" aos desabrigados pelo ciclone Nargis, disse Kouchner.

O ministro francês das Relações Exteriores lembrou que "a responsabilidade de proteção" é uma fórmula adotada pela ONU para abarcar o conceito de "direito de injerência humanitária" do qual foi um dos artífices.

A ajuda internacional destinada à população birmanesa estava chegando lentamente nesta quarta-feira a esse país.

Trabalhadores de organizações humanitárias continuam impedidos de entrar no país, cinco dias depois da passagen do ciclone que deixou mais de 22.000 mortos e 41.000 desaparecidos.

A junta militar birmanesa, no poder desde 1962, aceitou receber ajuda internacional, mas para entrar no país os estrangeiros devem negociar.

kl-cr/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG