França pede que ONU adote rapidamente resolução sobre a Geórgia

Paris, 14 ago (EFE).- A França, que exerce neste semestre a Presidência da União Européia (UE), chamou hoje os membros do Conselho de Segurança da ONU a adotar uma resolução que integre o acordo entre a Rússia e a Geórgia para consolidar o cessar-fogo.

EFE |

O anúncio do Ministério de Exteriores francês coincidiu com a chegada à França da secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, de caminho a Tbilisi e que se reunirá com o presidente francês, Nicolas Sarkozy.

"Na ONU, a França elaborou um projeto de resolução do Conselho de Segurança que integra o acordo aceito por Rússia e Geórgia", disse um porta-voz de Exteriores à imprensa.

"A adoção desta rápida resolução nas Nações Unidas permitirá uma consolidação significativa do cessar-fogo", acrescentou o porta-voz, que disse que a França faz tudo o possível para obter o apoio de todos os membros do Conselho de Segurança.

Sarkozy, que exerce a Presidência rotativa da UE, realizou anteontem uma viagem relâmpago a Moscou e Tbilisi para obter da Rússia e da Geórgia o fim das hostilidades no conflito pela Ossétia do Sul, território separatista georgiano.

Tanto Moscou quanto Tbilisi apoiaram o plano de trégua, mas com reservas, e a situação no terreno, onde continuam os movimentos de tropas russas, continua sem ser clara. EFE jaf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG