França oferece apoio ao futuro Governo palestino

Paris, 7 mar (EFE).- O ministro de Exteriores francês, Bernard Kouchner reafirmou hoje a disposição da França em trabalhar com o futuro Governo de união nacional palestino.

EFE |

As ações do novo Executivo palestino "deverão refletir os princípios do processo de paz e permitir a criação de um Estado palestino independente, soberano, viável e democrático, que viva em paz e em segurança ao lado de Israel", afirmou o ministro, em comunicado.

A França espera e deseja "a criação rápida desse Estado palestino", segundo o chefe da diplomacia francesa, que se mostrou convencido de que o primeiro-ministro da Autoridade Nacional palestina (ANP), Salam Fayyad, que apresentou a renúncia hoje, "terá um papel importante" no processo.

Kouchner expressou seu apoio à decisão de Fayyad de apresentar renúncia para facilitar o início de um Governo de consenso que reconcilie o Hamas e o Fatah.

Segundo o ministro francês, com esse gesto, Fayyad mostrou que é um "grande primeiro-ministro" e um "homem de convicções e de compromisso".

A renúncia de Fayyad abre a via para um Executivo liderado por Fatah e Hamas, as duas principais facções palestinas, particularmente em conflito desde a tomada de Gaza pelos islamitas, em junho de 2007.

Desde essa data, a ANP só exerce sua soberania na Cisjordânia, enquanto o Hamas controla a Faixa de Gaza. EFE pi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG