França insiste em que relações com Síria entraram em nova fase

Bagdá, 25 ago (EFE) - O ministro de Exteriores francês, Bernard Kouchner, insistiu hoje em que as relações entre Síria e França entraram em uma nova era, durante uma viagem à primeira nação para preparar a próxima visita do presidente francês ao país árabe.

EFE |

Segundo a agência de notícias síria "Sana", Kouchner se reuniu com o presidente sírio, Bashar al-Assad e com seu colega, Walid el-Mouallem.

O chefe da diplomacia francesa agradeceu a Al-Assad pelo "papel construtivo que a Síria tem nas negociações para resolver as crises políticas no Oriente Médio", segundo a "Sana".

O responsável afirmou após o encontro com Assad que as conversas tinham girado em torno de Irã, a situação no Iraque e o processo de paz na região.

Neste sentido, Mouallem disse que as conversas de paz indiretas entre Síria e Israel, que começaram em maio, não avançaram o suficiente para que possam ser diretas.

Depois de se reunir com Kouchner, o responsável sírio especificou que as negociações se centram na delimitação da fronteira anterior à guerra de 1967 entre Síria e Israel, quando este último Estado ocupou as Colinas do Golã, do primeiro país.

A agência explica que os ministros de Exteriores sírio e francês trataram também da próxima visita do chefe de Estado francês, Nicolas Sarkozy, prevista para princípios de setembro.

Antes de fazer escala em Damasco, o ministro francês realizou uma breve visita ao Líbano, durante a qual constatou que a situação no país é "complicada", mas assegurou que "as coisas estão melhorando".

EFE jfu/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG