França faz terceiro teste com míssil nuclear M51

A França efetuou nesta quinta-feira com sucesso seu terceiro teste com o míssil estratégico intercontinental M51, que deve equipar a partir de 2010 os submarinos nucleares franceses, anunciou o ministério da Defesa.

AFP |

O M51 é destinado aos submarinos nucleares de nova geração, como o Le Terrible, que receberá 16 exemplares.

O M51, de uma altura de 12 metros, um peso de 56 toneladas e com seis ogivas nucleares, contará com um alcance muito maior que o atual M45 (cerca de 8.000 km contra 6.000 km), e será muito mais preciso.

O disparo desta quinta-feira foi efetuado "com sempre, sem arma", ou seja, sem ogiva nuclear, "em conformidade com os compromissos internacionais da França em matéria de segurança, de transparência e não-proliferação", ressaltou o ministério.

O porta-voz do ministério da Defesa, Laurent Teisseire, especificou que o míssil "foi disparado às 10H05 (07H05 de Brasília) na direção do continente norte-americano".

De acordo com o ministro da Defesa, Hervé Morin, o M51 permitirá "alcançar uma etapa importante na adaptação e na modernização" da força de dissuasão nuclear da França.

Os dois testes precedentes foram efetuados nos dias 9 de novembro de 2006 e 21 de junho de 2007.

ha/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG