França expulsou 17 mil imigrantes ilegais entre janeiro e julho

Paris, 3 set (EFE).- As autoridades francesas expulsaram 17 mil estrangeiros em situação irregular entre janeiro e julho, um número inferior ao do mesmo período do ano passado, mas em linha com os objetivos do Governo, anunciou hoje o ministro da Imigração, Eric Besson.

EFE |

"É menor que o ano passado na mesma data, mas está em linha com os objetivos passados a mim pelo presidente da República", disse Besson ao revelar os dados em entrevista à emissora de TV "LCI".

O ministro lembrou que esse objetivo é de expulsar 27 mil imigrantes ilegais em 2009.

Besson também descartou o fim da obrigação de que menores filhos de imigrantes em situação irregular fiquem com seus pais em centros de retenção administrativa.

Sobre o assunto, alegou que, além de se tratar de casos relativamente raros, a estadia dos menores nos centros é de curta duração e os pais têm a possibilidade de que seus filhos fiquem no exterior caso haja outras pessoas para cuidar deles.

Segundo o diário "La Croix", em 2007 242 crianças estiveram nesses centros de retenção administrativa. EFE ac/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG