França exige libertação de estudante francesa detida no Irã

Paris, 6 jul (EFE).- O Ministério de Assuntos Exteriores da França exigiu hoje a libertação imediata de uma universitária francesa detida desde terça-feira no Irã e acusada de espionagem.

EFE |

"Pedimos às autoridades iranianas que libertem imediatamente nossa compatriota e a autorizem deixar o Irã", informa um comunicado do ministério.

"Nossa compatriota foi detida no aeroporto" quando iria deixar o país, onde morou "durante cinco meses", acrescenta a nota.

O Governo francês questionou a acusação de "espionagem" usada pelas autoridades iranianas como pretexto para deter a jovem.

A França também lembrou que "informou seus parceiros europeus sobre o assunto" e que pediu a "solidariedade de todos os cidadãos europeus". EFE inmg/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG